Café: um vilão para a ressaca

café para ressaca

maio 20, 2013 | Posted in Curiosidades

Sabe aquele desconforto corporal, cabeça pesada, dor na nuca e na testa, sensibilidade a luz do dia, gosto amargo na boca e um mal estar que não passa? É ressaca! Ela não ocorre com todo mundo, mais para algumas pessoas é infalível, basta beber e esperar pelo dia seguinte.

E se perguntarmos para várias pessoas o que fazer para evitá-la grandes sabedorias populares iríamos ouvir. Quando o questionamento sobre como melhorar a ressaca é feito para a mãe ela diz: “quem manda beber?”, se for para um grande amigo, a resposta é essa: “evite ressaca, mantenha-se bebado!”.

E esse post vem derrubar por terra um dos grandes “dogmas” a respeito de como evitar aquela ressaca monstra após aquela bebedeira descontrolada. Sempre ouvimos alguém dizer que um café forte sem açúcar é o melhor remédio.

café para ressaca

Entretanto uma nutricionista em seu estudo descobriu que o ideal é evitar o famoso cafezinho amargo, muitas vezes recomendado para diminuir a dor de cabeça. A bebida também tem propriedades diuréticas, ou seja, desidrata ainda mais o seu corpo piorando ainda mais a situação.

Agora você já sabe, quando estiver todo ressaqueado, ao invés do café forte é melhor escolher um belo copo d’água ou um isotônico.

Fonte: Etílicos.com

Leia mais →

Que bebida causa a pior ressaca?

ressaca

abril 26, 2013 | Posted in Curiosidades

Resposta: Por ordem decrescente: conhaque, vinho tinto, uísque, vodca, gim, álcool puro, cerveja.

As três primeiras estão na categoria de bebidas que, ao serem metabolizadas em nosso corpo, podem formar uma substância muito tóxica chamada formaldeído, que em altas quantidades pode provocar cegueira e até a morte.

Já a vodca e o gim são feitas à base de álcool (etanol) puro. Metabolizadas, elas formam o acetaldeído, que agride as mucosas intestinais, provocam desidratação e dor de cabeça — o conjunto de sintomas conhecidos como ressaca — mas de forma mais branda que as bebidas escuras.

“A cerveja, por conter mais água, causa uma ressaca mais branda em comparação com outras bebidas alcoólicas”, afirma o médico fisiologista Renato Romani, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Mas, em grandes quantidades, também deixa aquele gosto de cabo de guarda-chuva.

Vale lembrar: SEMPRE beba moderadamente.

ressaca

Fonte: Revista Galileu

Leia mais →

Receita para ressaca é uma só: não beber em excesso

ressaca

abril 22, 2013 | Posted in Artigos

ressaca

A noite tinha tudo para ser excepcional, mas você passou da medida, não aproveitou nada e ainda por cima acordou com aqueles sintomas horríveis e inconfundíveis de quem está com ressaca. Dor de cabeça, enjoo, tontura, um gosto de “cabo de guarda-chuva” na boca. Sem contar o arrependimento por ter ultrapassado seu limite. Afinal, mais uma vez, a ocasião tinha tudo para ser inesquecível e você mal consegue lembrar o que aconteceu.

Os sintomas nada mais são do que uma crise de abstinência decorrente do consumo exagerado de bebida alcoólica ocorrido na noite anterior. O clínico geral Alfredo Salim Helito, do Hospital Sírio Libanês, explica que o efeito que altas doses causam no cérebro é similar à ingestão de calmantes em demasia. “A pessoa dorme após tomar vários comprimidos, mas quando acorda ainda possui um pouco da substância no organismo. Com o álcool é a mesma coisa, podendo permanecer de 12 a 18 horas na corrente sanguínea”.

O uso excessivo pode gerar problemas gástricos, como gastrite, pancreatite ou hepatite alcoólica, por exemplo. Às vezes, ocorre também a inibição do hormônio antidiurético, levando à desidratação. Além de dor de cabeça, a ressaca pode causar ainda amnésia temporária, resultante do abuso da bebida.

Para amenizar os sintomas da ressaca são recomendados medicamentos para proteção gástrica e para enjoo, além de muito líquido para hidratar e uma alimentação com dose elevada de açúcar, já que a glicose precisa ser reposta no fígado. Repouso também é fundamental porque o organismo necessita de tempo para se recompor. Mas na realidade, tudo isso é paliativo. Existe uma única receita para a ressaca: não beber em excesso, e se for menor de 18 anos, não ingerir qualquer bebida alcoólica.

Fonte: Sem Excesso

Leia mais →

Guia do Bebum

bebum

fevereiro 13, 2012 | Posted in Curiosidades

Aquele gosto de “cabo de guarda-chuva” passa. Mas se quiser adiantar o processo, siga uma ou mais dessas receitas infalíveis.

ANTES 
• Alimente-se. Com o estômago vazio o álcool atinge o sistema nervoso na hora.
• Tome vitamina B, que regula o açúcar sanguíneo e previne o enjoo.

DURANTE 
• Guarde as tampinhas do que beber. Antes de ir para a cama, conte (se conseguir) e beba um copo de água para cada uma delas.
• No bar, a conta é a mesma: a cada dose, um copo de água.
• Evite beber “virando”. Quanto menor o tempo de consumo, maior a intoxicação.

DEPOIS 
• Tome suco de frutas. A frutose ajuda a eliminar o álcool do corpo mais rapidamente. Vale Gatorade ou água de coco.
• Ingira glicose. Uma barra de chocolate faz efeito em 15 minutos.
• Coma alimentos de fácil digestão. Carboidratos (pão, batata, massas) fornecem energia imediata.
• Para dor de cabeça, vá de remédio tradicional (Engov, aspirina ou paracetamol).
• Suco de gengibre reduz a náusea.
Repouse – Mantenha a luz apagada e fique deitado. Esqueça a academia.
Coisas que você deve riscar da lista
• Chás: são diuréticos, e a última coisa de que seu corpo precisa é eliminar água.
• Café: a cafeína baixa o nível de açúcar no sangue e desidrata.
• Mais bebida: durante o sono o corpo trabalha duro para absorver a bebida. Os sintomas são efeitos da sobrecarga. Colocar uma dose extra pode disfarçar a ressaca na hora, mas a do dia seguinte vai ser ainda pior.

Fonte: Portal das curiosidades

Leia mais →