Chopp – Um pouco de história

chopp 2

maio 28, 2013 | Posted in Artigos, Curiosidades

Os primeiros regis­tros encontrados sobre o chopp datam de pelo me­nos 5.400 anos atrás, quan­do os sumérios produziam a bebida para oferecê-lo à deusa Nina. Além disso, ele era utilizado pelas egípcias, que tinham a crença naque­la época, de que o chopp era uma verdadeira fonte da ju­ventude. Na epoca, a bebida também era utilizada como pagamento a trabalhadores.

chopp 2

O chopp possuía um sabor muito mais forte e uma coloração bem mais escura do que o chopp que conhecemos hoje. Já na Ida­de Média, ele ganhou aroma e sabor mais parecidos com os do séc XX, graças a mon­ges católicos que produziam chopp nos mosteiros, por isso, desde a idade média vem o conceito do chopp como uma ‘santa bebida’.

Alguns séculos de­pois, os cervejeiros de Pilsen (uma cidadezinha localizada na República Tcheca) foram responsáveis por um dos maiores avanços do chopp ao descobrir a baixa fermen­tação, em 1839.

Dessa forma, o chopp ficou bem mais claro e suave comparado à época que foi criado, além de alcançar uma maior duração.

Já em 1876, Louis Pasteur publicou estudos ligados à fermentação de microorganismos, que resul­taram na criação da pasteu­rização. Para quem não sabe, é a pasteurização que difere o chopp da cerveja. Ou seja, como os dois eram crus, não havia diferença entre ambos.

Nacionalmen­te falando, os brasileiros tiveram acesso ao chopp no ano de 1808. Ele veio da Europa para o Brasil através da família real portuguesa, que estava de mudança para o antigo Brasil-Colônia. Já a fabricação do primeiro chopp que se tem notícia no país aconteceu pela primeira vez apenas em outubro de 1836, quando um anúncio no Jornal do Commercio, do Rio de Janeiro, mostran­do a “Cerveja Brazileira”.

O Chopp Artesanal

A diferença en­tre o chopp industrial e o artesanal nos dias de hoje, é principalmente a paixão do mestre cervejeiro em produzir um produto de pri­meiríssima qualidade para um público de muito bom gosto.

O Chopp artesanal é sobretudo uma bebida para ser apreciada antes de ser consumida, por isso trata-se de um produto diferenciado.

Fonte: Jornal Hoje Livre

Leia mais →

Barriga de chopp é mito, segundo estudo médico espanhol.

dezembro 15, 2011 | Posted in Curiosidades

12/01/2011 – DA EFE – Folha.com

http://www.chongas.com.br/2011/01/panca/

Um estudo do Colégio Oficial de Médicos de Astúrias revela que “a barriga de chopp é um mito”, pois um consumo moderado da bebida, de até meio litro diário, associado a uma dieta como a mediterrânea, não engorda e reduz o risco de diabetes e hipertensão.

O modelo de homens e mulheres com barriga grande é próprio da cultura anglo-saxã, onde se ingere grandes quantidades de cerveja e comida rica em gorduras saturadas com quase nenhuma atividade física, asseguraram nesta quarta-feira os autores do estudo.

O padrão alimentar dos consumidores moderados de cerveja na Espanha é mais próximo ao da dieta mediterrânea, segundo o trabalho elaborado por Hospital Clínic, Universidade de Barcelona e Instituto de Saúde Carlos III, que foi apresentado nesta quarta-feira no Colégio Oficial de Médicos de Astúrias.

Os médicos Ramón Estruch, do Serviço de Medicina Interna do Hospital Clínic, e Rosa Lamuela, do departamento de bromatologia e Nutrição da Universidade de Barcelona, asseguraram que o estudo demonstra que a cerveja bebida com moderação não provoca aumento da massa corporal nem acúmulo de gordura na cintura.

O teste, realizado em 1.249 participantes, homens e mulheres com mais de 57 anos, que pela idade têm um maior risco cardiovascular, confirmou que a cerveja é saudável, segundo os autores.

As pessoas que participaram do estudo se alimentando com uma dieta mediterrânea acompanhada de cerveja em quantidades entre um quarto e meio litro por dia, “não só não engordaram, mas, em alguns casos, perderam peso”, indicaram os cientistas.

A dose recomendada pelos médicos é de dois copos diários para as mulheres e de três para os homens, com comidas equilibradas e sempre que as pessoas tiverem uma vida normal, praticando algum exercício.

A cerveja é uma bebida fermentada, que recebe as propriedades alimentares dos cereais com que é produzida, assim como o vinho da uva, ou a cidra da maçã, explicou a doutora Rosa.

 

A bebida fornece uma quantidade de ácido fólico, vitaminas, ferro e cálcio maior que outras, e provoca um efeito “protetor” sobre o sistema cardiovascular.

As pessoas que bebem quantidades “normais” de cerveja apresentam uma menor incidência de diabetes mellitus e hipertensão, e um índice de massa corporal inferior.

Além disso, estas pessoas “manifestaram consumir uma maior quantidade de verduras, legumes, pescado, cereais e azeite de oliva, e realizar uma maior atividade física”, indicou Estruch.

Fonte= http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/859356-barriga-de-chope-e-mito-segundo-estudo-medico-espanhol.shtml

Leia mais →

Curiosidades: Você sabia que o chopp é parecido com o leite?

maio 25, 2011 | Posted in Curiosidades

CHOPP X CERVEJA

Existem muitas dúvidas sobre semelhanças/diferenças entre o chopp e a cerveja.
Ok, mas e o que isso tem a ver com o leite?
Explico: De um modo mais grosseiro, como forma de exemplificar essas semelhanças/diferenças, podemos fazer uma comparação do chopp/cerveja com o leite.

Sendo assim,  o chopp poderia ser comparado ao leite in natura, aquele leite fresquinho tirado da vaca, sem corantes nem conservantes, enquanto que a cerveja, por sua vez, poderia ser comparada ao leite industrializado, que, após receber alguns aditivos que tornam o produto mais estável, passa então pelo processo de pasteurização (tem sua temperatura muito elevada para em seguida ser resfriado rapidamente) aumentando assim sua vida útil e permitindo sua conservação até mesmo fora da refrigeração.

Leia mais →

Curiosidades: Temperatura do Chopp

maio 15, 2011 | Posted in Curiosidades

Sempre é bom saber um pouco mais sobre algumas coisas, por isso aqui vão algumas curiosidades sobre esse “ouro líquido” chamado carinhosamente de CHOPP.

A palavra chopp vem do termo alemão “schopp” e corresponde a uma unidade de medida de volume equivalente a 300ml. Sendo na ocasião a bebida servida em recipientes cujo volume era padronizado em 300ml, com o passar do tempo o nome da unidade de medida acabou sendo incorporado à bebida.

A temperatura para servir um chopp pode ser assunto para uma série de discussões, mas, preferências à parte, o ideal é que o chopp seja tirado da chopeira entre 0ºC e 2ºC. Isso condiciona que o líquido chegue à sua mesa entre 3ºC ou 4ºC para então ser apreciado à temperaturas entre 6ºC e 8ºC. Para os que gostam do chopp “estupidamente gelado” vale lembrar que a sensibilidade das papilas gustativas é comprometida com temperaturas muito próximas a 0ºC, diminuindo a sensação de aroma e sabor.

Leia mais →