Cerveja é a bebida preferida do brasileiro para comemorações

​67% dos entrevistados da classe AB apontam a cerveja como a preferida na hora da celebração.

janeiro 6, 2014 | Posted in Artigos, Curiosidades, Notícias

​As festas de final de ano, o verão e o Carnaval se aproximam e, com eles, surgem ótimas oportunidades para celebrar com a família e os amigos. Nestes momentos, nada melhor que uma boa cerveja. Quem diz isso são os próprios brasileiros, conforme pesquisa realizada entre 7 e 11 de novembro pelo IBOPE Inteligência.

​67% dos entrevistados da classe AB apontam a cerveja como a preferida na hora da celebração.

​67% dos entrevistados da classe AB apontam a cerveja como a preferida na hora da celebração. “shutterstock”

A cerveja combina tanto com festa e o astral do país que quase dois terços dos entrevistados (64%) a definem como a bebida preferida do brasileiro para comemorar os bons momentos. Refrigerante, espumante e vinho vêm bem depois, com, respectivamente, 13%, 12% e 5% das citações.

A pesquisa quantitativa em âmbito nacional foi realizada com 1.958 pessoas, entre homens e mulheres com 18 anos ou mais, das classes ABDCE. A margem de erro é de dois pontos porcentuais (2 p.p.) para mais ou para menos.

Estados – A Bahia lidera entre os estados, com 81% dos entrevistados mencionando a bebida com a favorita para celebrar os bons momentos. Logo na sequencia vêm Rio de Janeiro (77%), Minas Gerais (74%) e São Paulo (63%).

Regiões – Os moradores do Centro-Oeste e do Sudeste são os que lideram na preferência pela cerveja nos momentos de celebração, com 68% citando a bebida. Bem de perto vem a população nordestina, com 65%.

Classes sociais – Entre as classes sociais, o destaque vai para o segmento A/B, no qual 67% dos entrevistados apontam a cerveja como a preferida na hora da celebração. A classe C vem logo atrás, com 64%. Entre os integrantes da faixa D/E, 61% mencionam a bebida.

Gênero – Homens e mulheres são companheiros também na preferência cervejeira quando o assunto é comemoração. A liderança é masculina, com 67% deles apontando a bebida como a melhor para celebrações. Mas as mulheres não ficam muito atrás, com 62% das menções.

Fonte: Ibope

Leia mais →

Cuervo Beer

cuervo beer

dezembro 19, 2013 | Posted in Receitas

Tequila e Cerveja estão em um relacionamento sério nesse drink. Experimente: você também vai se apaixonar!

Cuervo Beer

60ml de Cuervo gelada
60ml de cerveja
60ml de limonada concentrada
60ml de água
Gelo
Limão e sal para enfeitar

Misture a Cuervo, a cerveja e a água em uma coqueteleira. Depois acrescente o gelo e sirva em um copo com a borda crustada com sal e enfeitada com um pedaço de limão.

cuervo beer

Para crustar a borda com sal: coloque o sal em um prato raso e gire a borda do copo vazio nesse pratinho.

Leia mais →

Pipoca & Cerveja – Combinação boa para a saúde.

pipocacerveja

janeiro 4, 2013 | Posted in Notícias

Cientistas concluíram que comer pipoca pode prevenir o envelhecimento precoce e que tomar um copo de cerveja por dia combate diabetes

O cheirinho da pipoca está no ar e, ao lado daquela tigela bem cheia, uma geladíssima caneca de cerveja. Tem coisa melhor? Cientistas da Universidade de Scranton, da Pensilvânia, nos Estados Unidos, e da Universidade de Barcelona, na Espanha, garantem que não, pelo contrário, tanto a pipoca como a cerveja podem ser muito benéficas à saúde humana.

pipocacerveja

A pipoca, segundo uma pesquisa divulgada nesta semana pela Universidade de Scraton, é rica em polifenóis, substâncias químicas antioxidantes encontrada geralmente em frutas, legumes e hortaliças, que são capazes de ajudar na prevenção do envelhecimento precoce, Mal de Alzheimer e até de alguns cânceres.

Os antioxidantes são responsáveis por diminuir a presença dos radicais livres no organismo do ser humano e, de acordo com os cientistas norte-americanos, 30 gramas de pipoca contém até 300 microgramas de antioxidantes, quase o dobro da quantidade encontrada nas frutas (porções de 80 gramas têm em geral 160 microgramas de antioxidantes).

A pesquisa revelou, ainda, outro dado bastante interessante: a maior concentração de polifenóis está naquela casquinha dura e de cor marrom da pipoca (aquela que incomoda a gengiva dos consumidores) e uma porção diária da guloseima pode oferecer ao ser humano 70% de sua necessidade diária de consumir grãos integrais.

Em Barcelona, cientistas da Universidade de Barcelona, médicos do Hospital Clínico de Barcelona e pesquisadores do Instituto Carlos III de Madri, comprovaram que tomar cerveja diariamente combate a diabetes, evita ganho de peso e previne contra a hipertensão. A bebida, segundo Rosa Lamuela, médica do hospital clínico, ainda é muito rica em ácido fólico, vitaminas, ferro e cálcio, que são nutrientes que protegem o coração.

Os resultados do estudo foram divulgados após 1.250 pessoas, entre homens e mulheres com idade superior a 57 anos, terem passado por testes. Lamuela disse que as mulheres podem tomar dois copos pequenos de cerveja por dia e os homens, três.

Mas para que a pipoca e a cerveja sejam benéficas ao organismo, os cientistas alertam: a pipoca deve ser preparada com o mínimo de óleo possível e a ingestão da cerveja não pode acompanhar petiscos fritos ou salgadinhos calóricos. Os dois alimentos também exigem que o consumidor mantenha uma rotina de exercícios físicos, caso contrário, o efeito será negativo.

Fonte: Globo.com | Globo Rural – 01/04/2012

Leia mais →

Cerveja sem álcool – Opção para os dias mais quentes.

cerveja-sem-alcool

dezembro 6, 2012 | Posted in Artigos

Nos quentes dias de verão vale antes de tudo a regra: beber muito! Em temperaturas elevadas o corpo sua mais, e com o suor são excretados minerais importantes para a vida. Já em temperaturas normais deveríamos beber diariamente de 1,5 a 2 litros; no verão devem ser adicionalmente 1 a 2 litros de bebida que contenham minerais, para compensar as perdas. Quem quer se alimentar de modo saudável e consciente das calorias, – levando em conta que deve ter sabor – não tem a vida fácil.

A cerveja sem álcool é a bebida ideal para o verão. Ela preenche todas as exigências dos especialistas em nutrição – a cerveja (sem álcool e normal) contém substâncias minerais em abundância, que podem ser rapidamente assimiladas pelo corpo. Adicionalmente: a cerveja quase não contém açúcar e apresenta muito poucas calorias e, além disso, é um produto natural rico em vitaminas, produzido sem a adição de qualquer produto químico.

Na tabela de calorias da obra “Dicionário de valor nutricional e calorias” (*) a cerveja sem álcool está cotada como a número um. Com 52 quilocalorias (kcal) ela vence a limonada (84 kcal) assim como o suco de maçã, que apresenta 98 kcal. Bem distante está o refrigerante sabor cola, com 122 kcal.

 

Teor calórico em 200 ml:
Cerveja sem álcool: 52 kcal
Limonada: 84 kcal
Cerveja pilsen: 84 kcal
Suco de maçã: 98 kcal
Refrigerante sabor cola: 122 kcal
(*) Dicionário de Valor Nutricional e Calorias – Schlütersche Verlagsgesellschaft, 2003

 Traduzido e Adaptado por Matthias R. Reinold

Fonte: www.cervesia.com.br

Leia mais →

Reidratação? Água, isotônicos e cerveja

cerveja_reidratação

novembro 26, 2012 | Posted in Artigos

Quando se pensa em reidratação, as primeiras bebidas que vêm à cabeça de todos são água e isotônicos, mas o que pode parecer improvável para muitos é uma realidade comprovada por estudos científicos: a cerveja pode exercer com eficácia esse objetivo.

Pesquisas confirmam os benefícios da cerveja na recuperação física dos atletas de alto rendimento. Além disso, os flavonóides presentes na bebida têm efeitos antioxidantes, ajudando a inibir a agregação de plaquetas e a prevenir inflamações.

Um bom exemplo é a pesquisa realizada pela Faculdade de Medicina da Universidade de Granada, na Espanha. O estudo concluiu que a cerveja ajuda na recuperação das perdas hídricas e normaliza as alterações do metabolismo tão bem quanto a água. Também possui substratos metabólicos que auxiliam a reposição de substâncias perdidas durante a atividade física, como aminoácidos, minerais, vitaminas e antioxidantes.

“O estudo mostra que a cerveja é composta por aproximadamente 95% de água e contém 4g de carboidratos a cada 100ml. Também possui minerais como sódio e potássio, nutrientes considerados de grande importância no processo de reidratação, indispensáveis na recuperação pós-treino, consenso na literatura científica. Além disso, apresenta substratos metabólicos que ajudam na recuperação das perdas ocasionadas pelo exercício físico, como as vitaminas do complexo B e antioxidantes”, explica Andréa Pessa Fonseca Torres, nutricionista especialista em Fisiologia do Exercício, pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Estudo

Intitulado “Idoneidade da cerveja na dieta equilibrada dos esportistas“, o trabalho, publicado em 2009, é resultado de dois anos de observações feitas pelos pesquisadores com atletas com idade entre 20 e 30 anos, que se hidratavam alternadamente com água e cerveja após a atividade física. O estudo foi baseado em relatórios e pesquisas de médicos, fisiologistas e nutricionistas. As doses moderadas consumidas de álcool não exerceram efeito negativo sobre o efeito de hidratação.

Os cientistas realizaram testes com 16 atletas universitários com idades entre 20 e 30 anos, em boa forma física e que alcançavam uma velocidade aeróbica máxima (VAM) de 14km/h. Os testes foram realizados em duas etapas, com um intervalo de três semanas entre eles. Os atletas foram submetidos a três baterias de corrida, com uma hora de duração cada uma e pausas de duas horas para a hidratação. As condições de 35°C e 60% de umidade relativa do ar procuraram simular condições ambientais de temperatura elevada em que o desgaste físico é maior. Durante os intervalos, os atletas bebiam água ou cerveja (máximo de 660ml), alternando as bebidas em cada pausa de hidratação para comparar resultados.

Resultado animador

Os cientistas analisaram uma série de parâmetros indicativos como imuno-inflamatórios, endócrino-metabólicos, psico-cognitivos (coordenação, atenção, campo visual, tempos de percepção-reação), além da composição corporal e níveis de hidratação. “É importante ressaltar que o estudo deixa bem claro que esses benefícios só são alcançados com o consumo responsável e moderado da cerveja. Não se trata, portanto, de uma defesa do consumo exagerado da bebida”, lembra Andrea.

Uma enquete feita com 5 mil pessoas pela Runnersworld.com, apontou que a cerveja já está entre as bebidas mais consumidas após as corridas. A loura gelada tem 15% de preferência, logo atrás das bebidas esportivas (20%). A água ficou em primeiro, com 31% dos votos.

Fonte: www.sociedadedacerveja.com.br

Leia mais →