Benefícios do Vinho: Menor risco de pedras nos rins

wineglassml3

agosto 26, 2013 | Posted in Curiosidades, Notícias

Vinte anos após a descoberta do “Paradoxo Francês”, estudos científicos continuam a explorar a complexa relação entre o consumo de vinho e saúde. Desta vez, a boa notícia vai para quem conhece as terríveis dores dos cálculos renais!

Quem já passou por isso sabe que a primeira recomendação é: consuma mais líquido! Mas um estudo recém-publicado mostra que nem todas as bebidas são igualmente benéficas para a redução da formação de pedras. Em particular, bebidas adoçadas artificialmente (incluindo refrigerante) são suspeitas de serem responsáveis por um aumento do risco de cálculos renais.

Esse estudo, publicado em maio de 2013 no Clinical Journal of the American Society of Nephrology, contou com mais de 194 mil pessoas, todas sem histórico de pedras nos rins, que foram acompanhadas ao longo de 8 anos. Durante esse período, 4.462 delas desenvolveram o problema, e os cientistas estabeleceram uma relação entre a incidência dos cálculos e os hábitos de consumo de bebidas dos participantes.

O consumo moderado de vinho, tanto o tinto como o branco, foi associado à diminuição da incidência do problema, com uma pequena vantagem, inclusive, para o vinho branco (redução de 31% do risco com vinho tinto, e 33% com vinho branco). Outras bebidas benéficas detectadas no estudo foram: café (com e sem cafeína), chá, cerveja e suco de laranja.

O efeito diurético do álcool talvez seja o motivo da redução do risco nos consumidores frequentes e moderados de vinho. Mas o mecanismo da diurese induzida pelo álcool ainda necessita de estudos mais esclarecedores. E, no caso específico de cálculos renais formados por ácido úrico, que são um tipo raro, ainda não há evidências que comprovem o benefício do consumo alcoólico, já que este estudo não fez tal distinção.

Nunca é demais lembrar que o consumo de álcool pode não ser indicado para todos, apesar do consumo moderado de vinho proporcionar benefícios para a saúde. Na dúvida, consulte um médico.

Fonte: Tintos & Tantos

wineglassml3

Foto:  Imageshack

Leia mais →

Sem exageros, bebidas alcoólicas oferecem nutrientes para ajudar a prevenir doenças

chopp

maio 31, 2013 | Posted in Artigos

chopp

Pergunta valendo um milhão: bebida alcoólica faz bem à saúde? Ficou na dúvida? A resposta certa é: depende. Ao contrário do que se supõe, bebidas que contêm álcool na composição, sobretudo cerveja e vinho, são ricas em nutrientes que podem ajudar a prevenir doenças. Mas, como numa poção mágica, o segredo está na quantidade. Se um copinho contribui com o organismo, tomar um porre é praticamente se envenenar.

Tanto a cerveja quanto o vinho são fontes de polifenois, compostos antioxidantes que combatem radicais livres. A cerveja também contém vitamina B9, conhecida como ácido fólico.

— Os níveis de folatos encontrados em 100ml de cerveja recém-fabricada foram equivalentes a cerca de 10% do recomendado para adultos, podendo ser um alimento auxiliar à ingestão diária ideal do nutriente, se consumida com moderação — explica a engenheira de alimentos Ana Cecília Poloni Rybka, da Embrapa, que analisou diversos tipos da bebida durante doutorado na Unicamp. — A cerveja sem álcool apresentou teor de folatos similar, podendo ser ingerida por gestantes para prevenir defeitos de formação no feto, como anencefalia, defeitos no tubo neural, espinha bífida e lábio leporino.

Entre os vinhos, o tinto é o mais benéfico à saúde devido à presença de antocianina, pigmento antioxidante que dá cor às uvas vermelhas.

— Mundialmente, o recomendado é a ingestão de uma taça de vinho em cada refeição — ressalta a enóloga Aline Telles Camarão Biasoto, também da Embrapa.

Um golinho para as células do fígado

Provando que tudo tem um lado bom e um ruim, até mesmo para o fígado, quem diria, uma modesta dose de álcool é benéfica. Estudos realizados pela hepatologista Helma Cotrim, da Universidade Federal da Bahia, evidenciaram que um pouquinho de bebida alcoólica diminui a resistência à insulina e, consequentemente, ajuda a evitar uma alteração nos hepatócitos chamada de esteatose (acúmulo de gordura).

— A gordura acumulada provoca uma inflamação nas células e, depois, a morte delas. Se não tratada, a esteatose pode até evoluir para uma cirrose não alcoólica — diz Helma Cotrim.

Para obter esse efeito, o ideal seria beber um copo de cerveja por semana ou um cálice pequeno de vinho por dia, sugere a médica.

Controle da pressão

Na Universidade Federal do Vale de São Francisco, um trabalho recente com ratos hipertensos e vinho sem álcool comprovou o poder dos polifenois para regular a pressão sanguínea. Segundo a farmacêutica e pesquisadora Melissa Negro Dellacqua, os resultados indicam que o benefício deve ser o mesmo em humanos. A boa notícia é que a versão alcoólica da bebida também está cheia desses compostos, como resveratrol, taninos, quercetina, catequina e epicatequina, presentes na casca da uva.

pros e contras

Fonte: Globo.com

Leia mais →

Benefícios do vinho (Parte 1)

vinho 3

maio 6, 2013 | Posted in Artigos, Curiosidades

Confira a seguir uma lista de 5 benefícios que podem ser obtidos através do consumo moderado de vinho.

vinho 3

Vinho tinto pode prevenir efeitos negativos do sedentarismo

O ingrediente saudável do vinho tinto, o resveratrol, pode prevenir os efeitos negativos do estilo de vida sedentário. Para chegar a essa conclusão, a equipe de cientistas utilizou ratos e simulou a gravidade dos voos espaciais (baixa gravidade torna quase impossível a prática de atividades).

Apenas alguns animais receberam diariamente o resveratrol e o grupo controle (sem resveratrol) desenvolveu problemas, como resistência à insulina e perda de densidade mineral óssea. O restante não apresentou nenhuma dessas complicações. O editor-chefe do FASEB Journal, que publicou o estudo, disse que o resveratrol não é um substituto para o exercício, mas pode retardar a deterioração até que a pessoa possa começar a se mover novamente.

Vinho pode proteger mulheres contra ossos fracos

Beber uma ou duas taças de vinho por dia torna a mulher menos propensa a desenvolver osteoporose, de acordo com um estudo da Universidade Estadual de Oregon, nos Estados Unidos. Os cientistas constataram que os ossos das mulheres que bebem moderadamente ficaram mais fracos quando pararam de ingerir álcool por duas semanas. E, em menos de um dia depois de retomar o hábito, os ossos voltaram ao normal.

Três taças de vinho por semana podem reduzir risco de artrite em mulheres

Cientistas do Instituto Karolinska, na Suécia, analisaram 34.100 mulheres entre 39 e 84 anos e constataram que as que bebiam pelo menos três taças médias (150 ml) de vinho por semana eram até 52% menos propensas a desenvolver artrite reumatoide. A doença é causada pelo próprio sistema imunológico do organismo, que ataca as células que revestem as articulações, e acredita-se que o álcool pode contrariar esse processo, pois diminui a resposta imunológica.

Vinho pode ajudar mulheres a engravidar mais rápido

Segundo pesquisa do Centro de Ciência Epidemiológica Dinamarquês, uma taça de vinho tinto ou branco ao anoitecer aumenta as chances de a mulher engravidar. O levantamento com 30 mil mulheres descobriu que aquelas que ingeriam a bebida regularmente tinham quase um terço menos chances de esperar mais de um ano para ficar grávidas e 23% menos probabilidade de aguardar mais de dois meses. Não se sabe ao certo o motivo do benefício.

Vinho pode impedir aumento de peso

A substância piceatannol, presente no vinho tinto, pode retardar a geração de células jovens de gordura e as impede de se transformarem em células maduras. A pesquisa foi realizada pela Universidade de Purdue, nos Estados Unidos.

Fonte: Terra Saúde

Leia mais →

Uma taça de vinho tinto equivale a 30 minutos de exercício

vinho

abril 25, 2013 | Posted in Curiosidades, Notícias

Ótima notícia para quem aprecia uma taça de vinho!

vinho

Pesquisadores da Universidade de Alberta, no Canadá, publicaram um artigo indicando que uma taça diária de vinho acompanhando o jantar equivale a 30 minutos de exercícios físicos. O responsável pelo feito: o Resveratrol.

“Este composto ajuda a fortalecer os ossos, nos protege do sobrepeso, é um potente antioxidante e possui efeitos anticancerígenos. Além disso, melhora o suprimento de oxigênio aos tecidos, normaliza a viscosidade do sangue, reduzindo a formação de coágulos”, publicou a Rádio Santiago.

O estudo relata também, diversos benefícios do resveratrol, como a considerável redução do risco de desenvolver doenças relacionadas ao sistema circulatório, arteriosclerose, hipertensão, AVCs e até ataques cardíacos.Hotéis em búzios

Fonte: Vinhos Sim

 

Leia mais →