Efeitos do álcool

brinde-cerveja

abril 20, 2013 | Posted in Artigos

O álcool afeta cada pessoa de maneira diferente. Duas pessoas podem beber a mesma quantidade de bebida alcoólica e reagir de modos diferentes, dependendo do sexo, peso, capacidade de processar e quebrar o álcool ou da tolerância a ele. Uma mesma pessoa pode beber a mesma quantidade de álcool em ocasiões diferentes e ser afetada de modos distintos em cada uma delas. A seguir estão alguns dos fatores mais importantes a considerar quando beber.

Efeitos gerais

Independentemente de beber vinho, cerveja ou bebidas destiladas, alguns estudos atestam que a ingestão de álcool com moderação tem efeitos benéficos na saúde de alguns indivíduos, especialmente na redução de doenças cardiovasculares em adultos.

Beber com responsabilidade é algo agradável para celebrar momentos importantes da sua vida. Já beber exageradamente, seja em uma ocasião específica ou durante longos períodos tem uma consequência negativa para o indivíduo e para a sociedade. Para algumas pessoas e situações, até mesmo beber moderamente pode aumentar os riscos à saúde. Em caso de gravidez, de ter idade abaixo do permitido para tomar bebida alcoólica, dirigir ou operar máquinas, ter condições médicas específicas onde beber é contra-indicado, você não deve consumir qualquer tipo de bebida alcoólica.

Efeitos imediatos

As pessoas são diferentes entre si, o que torna impossível afirmar com certeza quais serão os efeitos físicos do consumo de álcool ao longo do tempo. No geral, porém, os efeitos imediatos do consumo moderado de bebidas alcoólicas na maioria das pessoas são:

  • Sensação de bem-estar e relaxamento.
  • Redução da capacidade e da velocidade de processamento de informações.
  • Reações mais lentas.

Lembre-se sempre o que pode acontecer quando não fazemos escolhas responsáveis.

Consumo nocivo de álcool

Intoxicação

Intoxicação é o ponto em que o álcool atua como depressor do sistema nervoso central, afetando visivelmente as habilidades físicas e mentais. Cada um de nós reage de modo diferente ao álcool, conforme o humor, local de consumo de bebidas, saúde física, peso e tolerância. Geralmente, porém, se estiver embriagado é provável que você apresente capacidade de julgamento e coordenação prejudicadas, fala confusa, redução dos sentidos, processamento mental mais lento e emoções exacerbadas.

Efeitos potenciais de curto prazo do consumo excessivo de álcool

Beber em excesso, ainda que ocasionalmente, pode trazer graves consequências. Pode prejudicar sua capacidade de julgamento e aumentar as chances de você vir a desenvolver comportamentos de risco (o que pode resultar em ferimentos, acidentes, sexo inseguro), entrar em atrito com a polícia ou ser vítima de um crime. Beber quantidades exageradas de uma só vez pode causar intoxicação alcoólica aguda que, por sua vez, pode resultar em perda de consciência, coma ou até mesmo a morte.

Efeitos potenciais do consumo excessivo de álcool

O consumo exagerado de álcool pode aumentar o risco de problemas de saúde graves, incluindo a dependência ao álcool, alterações de humor, problemas pancreáticos, cirrose hepática, alguns tipos de câncer e muitos outros tipos de problemas de saúde física e emocional que têm sido bem documentados. Em casos extremos, o consumo exagerado pode resultar em intoxicação alcoólica, coma, danos cerebrais e morte.

Fonte: Drinkiq

brinde-cervejaUm brinde a você que bebe com responsabilidade!

Leia mais →

Brasil ganha exclusividade sobre o nome “Cachaça” nos Estados Unidos!

dilma-obama-brindando

abril 8, 2013 | Posted in Notícias

dilma-obama-brindando

A partir da próxima quinta-feira (11), a cachaça passa a ser vendida nos Estados Unidos como um produto tipicamente brasileiro.

Isso significa que, para ser chamada de cachaça, a bebida terá de ser produzida no Brasil.

Desde 2000, os americanos comercializavam a bebida com o rótulo de “rum brasileiro” e produtos fabricados em outros países, principalmente da região do Caribe, eram, muitas vezes, confundidos com a cachaça.

Cachaca-Brasileira1

O reconhecimento foi resultado de uma negociação de mais de uma década entre os governos dos dois países.

Em contrapartida, o Brasil passará a reconhecer outros dois produtos como genuinamente americanos: o uísque bourbon e o uísque tennessee.

“A medida evita que a cachaça vire um destilado genérico, como a vodka, que antes era produzida só na Rússia e hoje é feita no mundo todo”, diz Vicente Bastos, presidente da diretoria executiva do Instituto Brasileira da Cachaça (Ibrac).

Fonte: http://bebidaliberada.com.br/

 

Leia mais →

Pipoca & Cerveja – Combinação boa para a saúde.

pipocacerveja

janeiro 4, 2013 | Posted in Notícias

Cientistas concluíram que comer pipoca pode prevenir o envelhecimento precoce e que tomar um copo de cerveja por dia combate diabetes

O cheirinho da pipoca está no ar e, ao lado daquela tigela bem cheia, uma geladíssima caneca de cerveja. Tem coisa melhor? Cientistas da Universidade de Scranton, da Pensilvânia, nos Estados Unidos, e da Universidade de Barcelona, na Espanha, garantem que não, pelo contrário, tanto a pipoca como a cerveja podem ser muito benéficas à saúde humana.

pipocacerveja

A pipoca, segundo uma pesquisa divulgada nesta semana pela Universidade de Scraton, é rica em polifenóis, substâncias químicas antioxidantes encontrada geralmente em frutas, legumes e hortaliças, que são capazes de ajudar na prevenção do envelhecimento precoce, Mal de Alzheimer e até de alguns cânceres.

Os antioxidantes são responsáveis por diminuir a presença dos radicais livres no organismo do ser humano e, de acordo com os cientistas norte-americanos, 30 gramas de pipoca contém até 300 microgramas de antioxidantes, quase o dobro da quantidade encontrada nas frutas (porções de 80 gramas têm em geral 160 microgramas de antioxidantes).

A pesquisa revelou, ainda, outro dado bastante interessante: a maior concentração de polifenóis está naquela casquinha dura e de cor marrom da pipoca (aquela que incomoda a gengiva dos consumidores) e uma porção diária da guloseima pode oferecer ao ser humano 70% de sua necessidade diária de consumir grãos integrais.

Em Barcelona, cientistas da Universidade de Barcelona, médicos do Hospital Clínico de Barcelona e pesquisadores do Instituto Carlos III de Madri, comprovaram que tomar cerveja diariamente combate a diabetes, evita ganho de peso e previne contra a hipertensão. A bebida, segundo Rosa Lamuela, médica do hospital clínico, ainda é muito rica em ácido fólico, vitaminas, ferro e cálcio, que são nutrientes que protegem o coração.

Os resultados do estudo foram divulgados após 1.250 pessoas, entre homens e mulheres com idade superior a 57 anos, terem passado por testes. Lamuela disse que as mulheres podem tomar dois copos pequenos de cerveja por dia e os homens, três.

Mas para que a pipoca e a cerveja sejam benéficas ao organismo, os cientistas alertam: a pipoca deve ser preparada com o mínimo de óleo possível e a ingestão da cerveja não pode acompanhar petiscos fritos ou salgadinhos calóricos. Os dois alimentos também exigem que o consumidor mantenha uma rotina de exercícios físicos, caso contrário, o efeito será negativo.

Fonte: Globo.com | Globo Rural – 01/04/2012

Leia mais →

Curiosidades: Você sabia que o chopp é parecido com o leite?

maio 25, 2011 | Posted in Curiosidades

CHOPP X CERVEJA

Existem muitas dúvidas sobre semelhanças/diferenças entre o chopp e a cerveja.
Ok, mas e o que isso tem a ver com o leite?
Explico: De um modo mais grosseiro, como forma de exemplificar essas semelhanças/diferenças, podemos fazer uma comparação do chopp/cerveja com o leite.

Sendo assim,  o chopp poderia ser comparado ao leite in natura, aquele leite fresquinho tirado da vaca, sem corantes nem conservantes, enquanto que a cerveja, por sua vez, poderia ser comparada ao leite industrializado, que, após receber alguns aditivos que tornam o produto mais estável, passa então pelo processo de pasteurização (tem sua temperatura muito elevada para em seguida ser resfriado rapidamente) aumentando assim sua vida útil e permitindo sua conservação até mesmo fora da refrigeração.

Leia mais →