maio 17, 2013 | Posted in: Artigos, Curiosidades

Se você fica contando calorias a cada drink que você toma e escolhe bebidas diet para misturar com o álcool, isso pode te deixar embriagado mais rápido.

diet_summer_drink-300x250

Você sabia que misturar bebidas diet com álcool pode nos deixar bêbados mais rápido?

Se você é um contador de calorias se cuide, pois se a cada drink que você toma fica com aquele medo de engordar e escolhe bebidas dietéticas para misturar com o álcool, saiba que isso pode te deixar embriagado mais rápido do que você imagina.

Segundo uma pesquisa ainda preliminar feita na revista Alcoholism: Clinical and Experimental Research, o uso de diferentes misturas, como refrigerante, suco ou refrigerante diet, mostra que a versão diet pode aumentar o teor de álcool no ar expirado em comparação com drinques feitos com bebidas açucaradas e mais calóricas.

A autora do estudo, Cecile Marczinski, professora assistente do departamento de ciência psicológica na Northern Kentucky University, em Highland Heights (EUA) diz que é importante ter consciência desse fenômeno. As pessoas tendem a pensar que o mais importante é cortar calorias, mas quando você está ingerindo álcool, essas calorias ajudam a desacelerar a liberação do álcool para o fígado e o cérebro.

A concentração de álcool no ar expirado – o que a polícia mede para determinar se alguém consumiu mais do que o limite legal de álcool, enfim é ai que entra o bafômetro e a Lei Seca – é afetada por diferentes fatores. Ter alimento no estômago pode reduzir a concentração de álcool na respiração em até 57% em relação ao consumo de álcool com o estômago vazio, de acordo com informações no estudo.

Diet.drinks

Os pesquisadores do estudo recrutaram homens e mulheres com idade média de 23 anos para participar de três sessões do estudo. Em uma sessão eles beberam vodca misturada com um refrigerante normal, sabor limão. Em outra, beberam vodca misturada com a versão diet do mesmo refrigerante, que é artificialmente adoçado com aspartame. Na sessão final, como placebo, eles beberam refrigerante normal com uma pequena quantidade de álcool para criar apenas o cheiro de bebida. Em cada sessão, os voluntários do estudo bebiam de três a quatro drinques num curto período de tempo. O teor de álcool na respiração foi medido oito vezes nas três horas após o consumo dos drinques.

Os níveis de álcool no hálito atingiram seu pico 40 minutos após os voluntários terem bebido os drinques. Quando o álcool foi misturado com refrigerante normal, contendo açúcar, o nível de álcool no hálito ficou abaixo do limite legal – de 0,077 naquele país. Mas para os bebedores de refrigerante diet, o pico foi de 0,091, o que está acima do limite legal para dirigir um carro nos EUA. Os níveis de álcool no hálito permaneceram altos para quem bebeu os drinques com refrigerante diet por um período de três horas

A mensagem que a autora do estudo, Cecile Marczinski, quis passar é que as pessoas não devem beber com o estômago vazio, e devem pensar duas vezes na hora de tentar economizar calorias misturando bebidas dietéticas ao álcool.

Esse estudo é uma grande dica para você que gosta de beber bastante, mas não gosta de ficar embriagado tão rápido, a dica é simples, não misture bebidas diet com bebidas alcoólicas, esteja sempre com algo no estomago, não beba de barriga vazia, além de evitar que você fique bêbado mais rápido, pode também evitar a ressaca do dia seguinte.

Fonte: Etílicos.com

Be the first to comment.

Leave a Reply

%d blogueiros curtiram isso: