abril 20, 2013 | Posted in: Artigos

O álcool afeta cada pessoa de maneira diferente. Duas pessoas podem beber a mesma quantidade de bebida alcoólica e reagir de modos diferentes, dependendo do sexo, peso, capacidade de processar e quebrar o álcool ou da tolerância a ele. Uma mesma pessoa pode beber a mesma quantidade de álcool em ocasiões diferentes e ser afetada de modos distintos em cada uma delas. A seguir estão alguns dos fatores mais importantes a considerar quando beber.

Efeitos gerais

Independentemente de beber vinho, cerveja ou bebidas destiladas, alguns estudos atestam que a ingestão de álcool com moderação tem efeitos benéficos na saúde de alguns indivíduos, especialmente na redução de doenças cardiovasculares em adultos.

Beber com responsabilidade é algo agradável para celebrar momentos importantes da sua vida. Já beber exageradamente, seja em uma ocasião específica ou durante longos períodos tem uma consequência negativa para o indivíduo e para a sociedade. Para algumas pessoas e situações, até mesmo beber moderamente pode aumentar os riscos à saúde. Em caso de gravidez, de ter idade abaixo do permitido para tomar bebida alcoólica, dirigir ou operar máquinas, ter condições médicas específicas onde beber é contra-indicado, você não deve consumir qualquer tipo de bebida alcoólica.

Efeitos imediatos

As pessoas são diferentes entre si, o que torna impossível afirmar com certeza quais serão os efeitos físicos do consumo de álcool ao longo do tempo. No geral, porém, os efeitos imediatos do consumo moderado de bebidas alcoólicas na maioria das pessoas são:

  • Sensação de bem-estar e relaxamento.
  • Redução da capacidade e da velocidade de processamento de informações.
  • Reações mais lentas.

Lembre-se sempre o que pode acontecer quando não fazemos escolhas responsáveis.

Consumo nocivo de álcool

Intoxicação

Intoxicação é o ponto em que o álcool atua como depressor do sistema nervoso central, afetando visivelmente as habilidades físicas e mentais. Cada um de nós reage de modo diferente ao álcool, conforme o humor, local de consumo de bebidas, saúde física, peso e tolerância. Geralmente, porém, se estiver embriagado é provável que você apresente capacidade de julgamento e coordenação prejudicadas, fala confusa, redução dos sentidos, processamento mental mais lento e emoções exacerbadas.

Efeitos potenciais de curto prazo do consumo excessivo de álcool

Beber em excesso, ainda que ocasionalmente, pode trazer graves consequências. Pode prejudicar sua capacidade de julgamento e aumentar as chances de você vir a desenvolver comportamentos de risco (o que pode resultar em ferimentos, acidentes, sexo inseguro), entrar em atrito com a polícia ou ser vítima de um crime. Beber quantidades exageradas de uma só vez pode causar intoxicação alcoólica aguda que, por sua vez, pode resultar em perda de consciência, coma ou até mesmo a morte.

Efeitos potenciais do consumo excessivo de álcool

O consumo exagerado de álcool pode aumentar o risco de problemas de saúde graves, incluindo a dependência ao álcool, alterações de humor, problemas pancreáticos, cirrose hepática, alguns tipos de câncer e muitos outros tipos de problemas de saúde física e emocional que têm sido bem documentados. Em casos extremos, o consumo exagerado pode resultar em intoxicação alcoólica, coma, danos cerebrais e morte.

Fonte: Drinkiq

brinde-cervejaUm brinde a você que bebe com responsabilidade!

Be the first to comment.

Leave a Reply

%d blogueiros curtiram isso: